000primeira
020opiniao
030local
050desporto
070actual
081jete
090cambios
091tempo
092ultima


 



 
  N°2539 (Nova Série), Segunda-Feira, 6 de Agosto de 2007
ÚLTIMAZINHAS

Barcelona venceu em Pequim na estreia da digressão asiática

O Barcelona venceu ontem em Pequim o Beijing Guoan por 3-0, no jogo que marcou a estreia da equipa orientada por Frank Rijkaard na digressão asiática. Giovani dos Santos (8'), Iniesta (57') e Ronaldinho Gaúcho (76') marcaram os golos da equipa espanhola.

PT Multimédia compra operações de cabo de Berardo

A PT Multimédia anunciou ontem a compra das operações de cabo de Joe Berardo em Braga, Leiria e Santarém, numa operação avaliada em 65 milhões de euros, que reforça a sua posição em vésperas de separação do grupo PT. O negócio demonstra que a empresa “já tem o caminho traçado para fazer o seu próprio plano industrial”, tendo em vista a separação do grupo Portugal Telecom, disse à Lusa fonte da PT Multimédia.

Advogado de “Bibi” arrisca expulsão da Ordem dos Advogados

José Maria Martins, advogado de Carlos Silvino, Bibi, no processo Casa Pia, arrisca-se a ser expulso da advocacia, ficando impedido de exercer a profissão. A notícia surgiu na imprensa portuguesa de ontem, que assegura que, em causa, está uma acusação deduzida pelo Conselho de Deontologia de Lisboa da Ordem dos Advogados (OA), no seguimento de uma queixa de Serra Lopes, advogado de Carlos Cruz naquele mesmo processo, a imputar-lhe actos alegadamente violadores da ética da profissão. “Face à gravidade das violações cometidas, do dolo intenso com que as praticou, incorreu o senhor advogado arguido em pena disciplinar que se situará entre a suspensão e a expulsão”, pode ler-se no edital da OA, divulgado na imprensa a 1 de Agosto. José Martins tem agora um mês para apresentar a sua defesa escrita, assegura o Diário de Notícias. Esta é apenas uma acusação entre algumas dezenas de processos que correm na OA contra o defensor de Carlos Silvino.

Al-Qaeda ameaça embaixadas e diplomatas estrangeiros

Um norte-americano membro da al-Qaida ameaçou diplomatas e embaixadas estrangeiras no mundo islâmico apelidando-as de “tocas de espiões” no mais recente vídeo da organização terrorista, divulgado ontem. O vídeo, de uma hora e 17 minutos, também contém uma recriação animada por computador do ataque suicida de Março de 2006 que vitimou mortalmente o diplomata norte-americano David Foy em Carachi, Paquistão, bem como o testemunho de um homem que afirma ser o bombista. “Vamos continuar a tomar-vos como alvo, tanto no vosso país como fora, tal como vocês nos atacam, em casa e fora, e atacaremos estas tocas de espiões e postos de comando militar e centros de controlo onde vocês planearam a vossa agressão contra o Afeganistão e o Iraque”, declarou Adam Gadahn, também conhecido como Azzan al-Amriki. Gadahn, que nasceu na Califórnia, foi acusado de traição pelos EUA e desde 2004 que é procurado pelo FBI, que oferece um milhão de dólares de recompensa por informações que levem à sua captura. A autenticidade do video de hoje não foi ainda confirmada por fontes independentes, mas ostenta o logótipo da casa que produz os vídeos da al-Qaida, as-Sahab.

Imagens televisivas complementam relatórios sobre árbitros portugueses

Os novos observadores dos árbitros de futebol das ligas profissionais portuguesas vão poder utilizar imagens televisivas para completar os seus relatórios que incluirão um uma nova grelha de avaliação, revelou ontem em Leiria o antigo árbitro Vítor Pereira. As imagens televisivas poderão ser utilizadas na apreciação de lances mais polémicos mas o seu visionamento “não irá alterar a nota final”, garantiu o presidente da Comissão de Arbitragem da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, reconhecendo que a pressão mediática sobre o futebol também obriga os observadores a actualizarem-se com novas tecnologias.

Brasil volta a investigar presidente do Congresso

O Conselho de Ética do Senado brasileiro anunciou ontem que vai investigar uma nova denúncia contra o presidente do Congresso, Renan Calheiros, acusado de usar testas-de-ferro para encobrir a suposta compra de um jornal e de uma emissora de rádio no estado de Alagoas. O caso foi denunciado na edição desta semana da revista Veja, que chegou ontem às bancas e a que a Lusa teve acesso. Segundo a revista, Renan teria usado testas-de-ferro para participar num negócio de 2,6 milhões de reais (pouco mais de 10 milhões de patacas), sem mencionar esse facto na sua declaração de Imposto de Renda à Receita Federal, nem à Justiça Eleitoral ou ao Congresso. Renan Calheiros está na mira da justiça desde Junho de 2007, quando foi acusado de receber ajuda financeira de um lobista, Cláudio Gontijo, para pagar uma pensão de alimentos a uma jornalista de quem tem um filho.

PJ termina buscas em casa de Robert Murat

A Policia Judiciária deu ontem por terminadas as buscas que levou a cabo nos últimos dois dias na propriedade de Robert Murat, o único arguido no caso do desaparecimento de Madeleine McCann, disse à Lusa fonte daquela polícia. Mais de uma dezena de inspectores estiveram durante todo o dia na casa Liliana, onde o arguido reside com a mãe. Durante as buscas os agentes ultilizaram um cão pisteiro de raça Border Collie. Fonte da PJ escusou-se a revelar os resultados das buscas, confirmando que o número de agentes envolvidos foi aumentando ao longo do dia. Robert Murat e o seu advogado, Francisco Pagarete, acompanharam todas as deligências da PJ e regressaram ao interior da propriedade, após uma saída de duas horas para almoço. “O trabalho de ontem (sábado) consistiu em preparar o terreno para as operações científicas de hoje (ontem) e tinham mesmo que ser feitas”, disse fonte da PJ.


 [Alto] [Anterior] [Voltar]




HOME  .  E-MAIL  .  FICHA TÉCNICA  .  EDIÇÕES ANTERIORES  .  PUBLICIDADE  .  PRIMEIRA

Copyright (c) Jornal Tribuna de Macau, All rights reserved
Design and maintainence by Directel Macau Ltd