000primeira
020opiniao
030local
081jete
090cambios
091tempo
092ultima


 



 
  N°4221 (Nova Série), Sexta-Feira, 1 de Mar¬o de 2013
03004
INSTITUIÇÃO VOLTA A MOSTRAR-SE A TODA A COMUNIDADE
EPM abre portas para chegar a mais alunos

Realiza-se amanhã o Dia Aberto da Escola Portuguesa com o objectivo de voltar a dar a conhecer a pais e jovens uma instituição de matriz portuguesa onde já convivem 18 nacionalidades. O vice-presidente da direcção disse ao JTM que esta pode ser uma oportunidade para chegar a mais alunos

fátima almeida

É com rostos de traços distintos que a Escola Portuguesa (EPM) volta a abrir as portas para receber as comunidades do território. Espelho da multiculturalidade, a EPM pretende chegar ainda a mais alunos. O Dia Aberto, que se realiza amanhã, volta a ser a oportunidade para que toda a criatividade e trabalho desenvolvidos saiam das salas e gavetas para serem expostos aos olhos de todos.
“O objectivo principal é mostrar a escola a toda a comunidade”, reforçou o vice-presidente da direcção da EPM. “Os resultados obtidos têm sido bons. Temos vindo a atrair alunos para a escola”, constatou Manuel Machado.
Para continuar a prosseguir um dos objectivos a que a escola já se propôs, o Dia Aberto permite um contacto mais directo com a comunidade. “A escola tem como atractivo ensinar duas línguas oficiais na RAEM, o que tem muito significado para os pais”, reconheceu o responsável.
Além dos alunos chineses que escolhem a EPM para estudar em Português, são cada vez mais os de língua materna não chinesa que optam pelo mandarim. Ao oferecer um leque de oportunidades para crescer com imaginação nos corredores da escola cruzam-se já, diariamente, 18 nacionalidades diferentes.
“Os alunos de Portugal representam 22 por cento, os de Macau 65 por cento e os de outros países ou regiões 13 por cento”, explicou ao JTM Manuel Machado, notando que a multiculturalidade “é um dos objectivos do ensino” da EPM.
Actualmente o total de alunos que frequentam a instituição, cerca de 500, já é satisfatório, mas o responsável da EPM acredita que as salas podem acolher mais crianças e jovens. “Gostaríamos de incrementar a frequência da escola. Mas podemos dizer que já temos quase 500 alunos, que é um bom número para as instalações da escola, embora ainda possa suportar mais”, referiu.
O Dia Aberto vai decorrer entre as 10 e as 17h, estando previstos espetáculos para as 11 e as 15h. A ginástica, as línguas, a música, a ciência, o teatro e as exposições farão parte deste dia para mostrar os bastidores de uma escola com criatividade.

 

°”
 [Alto] [Anterior] [Voltar] [Próximo]




HOME  .  E-MAIL  .  FICHA TÉCNICA  .  EDIÇÕES ANTERIORES  .  PUBLICIDADE  .  PRIMEIRA

Copyright (c) Jornal Tribuna de Macau, All rights reserved
Design and maintainence by Directel Macau Ltd