000primeira
020opiniao
030local
050desporto
070actual
081jete
090cambios
091tempo
092ultima


 



 
  N°3959 (Nova Série), Segunda-Feira, 6 de Fevereiro de 2012

Especificidades

Suzana Tôrres

depósitos

Macau irradia calorosamente depósitos pelos poros!
Nunca vi nada assim e como, já se sabe, só em terra da especificidade poderíamos encontrar tamanha pérola (e fiquemos por aqui, para evitar fazer de nós os porcos).
Nada se faz em Macau que não se tenha de largar o belo do pilim... ups, depósito!
Quer ter uma linha de telemóvel em vez de andar com cartões pré-pagos? Depósito... Quer activar o sistema de roaming? Pumba, depósito... Não quer viver na rua? Quatro depósitos (quem o mandou ser fino?!)... Televisão por cabo? Pode ir preparando as notas... Agora que tem casa e televisão por cabo, também lhe sabia bem instalar um telefone de rede fixa? Mantenha a carteira a jeito... Ser empreendedor e mostrar as suas capacidades e ideias entrando em concursos públicos? Esqueça as notas, traga o seu livro de cheques e já agora a do resto da família também...
Admira-me (com uma intensidade de uns valentes 7.7 na escala de Richter) que esta actividade ainda não seja aplicada nos nossos locais de trabalho e que no início de cada contracto laboral não nos seja exigido um depósito de quatro salários (não vá a malta andar a brincar e falhar) assegurando assim os direitos da entidade patronal.
E, pergunta o leitor, porquê quatro salários?
Fácil! Um será para o intermediário que habilmente fez a ponte entre o trabalhador e a entidade patronal... O segundo apenas pelo privilégio de termos sido escolhidos... O terceiro e o quarto funcionam meramente como caução e caso sejamos uns bons meninos de coro, será então devolvido no fim do contracto, mas sem juros que isto aqui não é nenhum banco.
Chego a encarar esta situação como uma verdadeira discriminação laboral e como forma de protesto, mostrando assim todo o meu pesar (palavras estas acompanhadas por uma expressão facial “hush puppie”) irei criar, não uma, meus senhores, mas duas linhas de t-shirts... uma a dizer “Depósitos 4ever” e a segunda com a máxima “I Love Depósitos”.
Aposto que neste momento, alguns leitores chutam no ar e pensam... “Bolas porque é que não pensei nisto antes?”...
Não fique assim, vá.... nem todos podemos ser idiotas!

- Aproveito a oportunidade para informar que se aceitam encomendas através do e-mail:

[email protected]

Junte-se a nós!
Batalhamos por um futuro melhor!

 

O primeiro dia do resto da vida de Madonna

Depois de ter vencido um Globo de Ouro, a cantora norte-americana regressa com ‘ Give Me all Your Luvin’’. O single anuncia o primeiro álbum que lança pela sua nova editora

Os fãs podem tornar-te famosa, um contrato pode tornar-te rica, a imprensa pode fazer de ti uma estrela, mas só o amor pode fazer de ti uma jogadora [player].” É com esta frase que Madonna apresenta a sua mais recente canção, ‘Give Me All Your Luvin’, que marca o regresso da cantora à música depois de ter lançado há quatro anos o álbum Hardcandy. O teledisco, realizado pelo colectivo Megaforce, foi lançado mundialmente ontem à tarde e é claramente inspirado no universo do futebol norte-americano. Não será por isso mesmo uma mera coincidência o facto de estar marcada para hoje uma actuação de Madonna no maior evento desportivo dos EUA, o Super Bowl.
Logo nos primeiros momentos deste novo vídeo, Madonna aparece acompanhada por duas convidadas: a rapper norte-americana Nicki Minaj e a britânica M.I.A. A elas junta-se um grupo de cheerleaders que tornam bem presente as referências da cultura desportiva norte-americana. Entram então em cena vários jogadores de futebol americano que, no final, acabam, literalmente, sem cabeça.
Pelo meio são ainda evocados momentos do passado estético de Madonna, trazendo à memória telediscos como Vogue (1990), realizado pelo cineasta David Fincher, e Material Girl ( 1985), de Mary Lambert. Give Me all Your Luvin’ serve também de carta de apresentação do 12. º álbum de estúdio da cantora. MDNA será lançado a 26 de Março e marca uma nova etapa na carreira de Madonna, já que será o seu primeiro álbum com lançamento a cargo da Live Nation (à qual também pertencem nomes como os U2, Jay- Z ou Shakira), depois de quase 30 anos ligada à editora Warner Music.
Este regresso de Madonna tem estado rodeado de muita expectativa. Ainda em Novembro do ano passado um fã espanhol foi condenado por ter disponibilizado ilegalmente na Internet uma versão inacabada de “Give Me All Your Luvin”.

JTM/DN

Give Me All Your Luvin' (Feat. M.I.A. and Nicki Minaj)

 

 

Erin “aprovada” pela mãe de Di Caprio

Leonardo Di Caprio, 37 anos, já apresentou à mãe a nova namora-da, Erin Heatherton, e a modelo da Victoria’s Secret de 23 anos parece ter passado no exigente “teste”. “O encontro correu bem e a mãe e Erin foram vistas a rir-se juntas”, disse uma fonte ao “New York Post”. Recorde-se que Di Caprio separou-se de Blake Lively pouco depois da mãe ter dito que a actriz “não era mulher” para ele.

 

Anúncio com Rachel Weisz banido por beleza a mais

Um anúncio a um produto de beleza com Rachel Weisz foi banido no Reino Unido porque a actriz aparece com uma pele exageradamente perfeita. A campanha para a L’Oréal foi proibida pela autoridade de publicidade por, alegadamente, ser enganosa. De acordo com o jornal “The Guardian” a razão apontada para a proibição deve-se ao facto do produto anti-rugas mostrar a actriz de 41 anos “exageradamente retocada”, indicando que a fotografia terá sido alvo de “Photoshop”.

 

Rihanna está loira

Depois de já ter experimentado o visual de cabelo ruivo e castanho, Rihanna está agora loira. A cantora apresentou a novidade aos cerca de 12 milhões de seguidores no Twitter, escrevendo “De volta ao trabalho, primeira capa do ano!!!!”, referindo-se ao facto de aparecer na capa da revista Elle.

 

Schwarzenegger admite interesse por Bollywood

Arnold Schwarzenegger declarou na Índia que não descarta trabalhar em Bollywood se “aparecer um bom argumento e um realizador interessante”, porém admitiu que não sabe dançar bem. “Trabalhei em todo o mundo, então porque não na Índia?”, disse a estrela de “Terminator” e ex-governador da Califórnia, numa entrevista à televisão indiana concedida durante a sua visita ao país nos últimos dias. Na Índia, o actor pensava cumprir o sonho de visitar o Taj Mahal, mas ficou desapontado ao encontrar a porta do edifício fechada. Como o Taj Mahal fecha à sexta-feira, Schwarzenegger limitou-se a tirar fotos com o telemóvel do exterior.

 


 [Alto]




HOME  .  E-MAIL  .  FICHA TÉCNICA  .  EDIÇÕES ANTERIORES  .  PUBLICIDADE  .  PRIMEIRA

Copyright (c) Jornal Tribuna de Macau, All rights reserved
Design and maintainence by Directel Macau Ltd