000primeira
020opiniao
030local
050desporto
070actual
081jete
090cambios
091tempo
092ultima


 



 
  N°3933 (Nova Série), Ter¬a-Feira, 20 de Dezembro de 2011

SONDAGEM EM PORTUGAL

Cristiano é o maior mas Euro vai correr mal

A pôr bandeirinhas nas janelas e até contar com o melhor jogador do mundo nas fileiras, mas o Euro 2012 não vai correr nada bem à nossa selecção. Com Alemanha, Holanda e Dinamarca pela frente, não acreditamos que a equipa nacional passe da fase de grupos

JORGE ALVES BARATA

Imbuída do tradicional fatalismo fadista – no país que viu este ano o fado elevado a Património Imaterial da Humanidade – ou temente do destino que colocou Portugal à mercê da equipa da senhora Merkel, a maioria dos inquiridos no inquérito da Eurosondagem deste mês não augura nada de bom para a selecção no Euro 2012.
De facto, para 31,1 por cento dos opinantes, a equipa treinada por Paulo Bento não vai conseguir atingir os objectivos mínimos de ultrapassar a fase de grupos. Mas se o pessimismo marca larga maioria, no pólo oposto ainda há “poetas” que sonham e têm fé. É que uns significativos 12,1 por cento acreditam que Portugal se poderá tornar a maior potência do Europeu ao vencer a final da competição.
Há que pensar positivo e, neste sentido, 43 por cento não têm dúvidas de que Cristiano Ronaldo é o melhor jogador deste ano de 2011, superando os barceloneses Messi (27 por cento) e Xavi (18,6 por cento). A tendência patriótica prolonga-se na escolha do melhor treinador e não há derrota que abale o “colosso” de Santiago Bernabéu, José Mourinho, escolhido por 50,8 por cento, contra 34,2 por cento de Pep Guardiola, o “adversário” de Barcelona. Continuando no departamento dos treinadores, constatamos um facto que contrariará a história recente, com o seleccionador Paulo Bento a assumir culpa isolada em caso de desaire. É que 81,3 por cento classificam tranquilamente a actuação de Bento como positiva, o que intriga quando cruzado com a crença dos 31,1 por cento de pessimistas crentes que a selecção se apresentará no Euro em regime de austeridade e sairá vergada com o peso do deficit competitivo.
Já no que respeita ao mercado interno, o treinador do Sporting, Domingos, continua no topo das preferências dos inquiridos ( 37,4 por cento), à frente do benfiquista Jorge Jesus (30 por cento). Existe ainda a certeza de que o Sporting vai ser campeão ( 33,7 por cento), chocando a quebra de confiança do painel face às possibilidades do Sporting de Braga, que caíram para uns meros 1,1 por cento. Em relação aos jogadores, o portista Hulk domina sobre o sportinguista Wolfswinkel e o benfiquista Cardozo, no que respeita aos melhores marcadores, e Pablo Aimar convence quando se procura o melhor jogador.
JTM/DN


 [Alto] [Voltar] [Próximo]




HOME  .  E-MAIL  .  FICHA TÉCNICA  .  EDIÇÕES ANTERIORES  .  PUBLICIDADE  .  PRIMEIRA

Copyright (c) Jornal Tribuna de Macau, All rights reserved
Design and maintainence by Directel Macau Ltd