000primeira
020opiniao
030local
050desporto
070actual
081jete
090cambios
091tempo
092ultima


 



 
  N°3306 (Nova Série), Ter¬a-Feira, 3 de Novembro de 2009

Noite de “Halloween” afastou fantasma da crise económica

Os eventos de celebração do “Halloween”, organizados no sábado à noite por Macau, não permitiram apenas a presença de um fantasma: o da recessão.
Um dos locais mais lotados foi a Doca dos Pescadores. Visitantes e funcionários vestidos a rigor ou não, assustavam-se uns aos outros incentivados pelos sons de terror que saíam das colunas colocadas por todo o espaço. As filas cresceram nos estabelecimentos que disponibilizam diversão e “souvenirs” alusivas, e no início da noite de terror foi organizado um “buffet”, pelo preço de 200 patacas, em que os pratos eram concebidos em forma de caixão, diabo, caveiras e as coberturas assemelhavam-se a sangue.
Tal como na Doca dos Pescadores, também muitos outros restaurantes e bares do território encheram-se de pessoas, que não se coibiram de festejar a quadra em grande.
Os hóteis-casino também organizaram eventos festivos, e as festas mais badaladas aconteceram no Hard Rock do City of Dreams e no “MGM Grand Macau”.
No restaurante Miramar em Coloane, festejou-se o “Halloween” junto à praia de Hac Sá ao som de diferentes Dj’s e na discoteca D2 também houve celebração do terror, com um espectáculo que contava a história de vida de um antigo drácula da Transilvânia.

 


 [Alto] [Anterior] [Voltar]




HOME  .  E-MAIL  .  FICHA TÉCNICA  .  EDIÇÕES ANTERIORES  .  PUBLICIDADE  .  PRIMEIRA

Copyright (c) Jornal Tribuna de Macau, All rights reserved
Design and maintainence by Directel Macau Ltd