000primeira
020opiniao
030local
070actual
081jete
090cambios
091tempo
092ultima


 



 
  N°3281 (Nova Série), Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2009
ÁSIA ESTREIA-SE NA ORGANIZAÇÃO DA PROVA
Macau vai receber pela primeira vez o campeonato mundial de Kart

O Mundial CIK-FIA de Kart vai decorrer pela primeira vez na Ásia. A pista de Coloane, que obteve este ano a categoria A, servirá de hóspede a mais de 170 pilotos europeus e asiáticos, entre os dias 8 e 11 do próximo mês

RAQUEL CARVALHO

É uma estreia na Ásia e o organizador vai ser Macau. O Campeonato Mundial CIK-FIA de Kart acontecerá pela primeira vez na pista de Coloane, a par da 6ª edição do Grande Prémio Internacional da modalidade. Marco Ardigò, Libor Toman, Gary Catt e Davide Forè são alguns dos 170 pilotos com presença certa no território entre os dias 8 e 11 de Outubro.
“Esta é a prova” – na opinião do presidente do Instituto do Desporto, Alex Vong – que “estamos a ganhar reconhecimento e reputação a nível internacional”, para além de ser sinal que o “evento é cada vez mais popular”. Corridas de Kart de “alta qualidade” é o que o responsável promete, contando com a “experiência de 170 pilotos de kart, incluindo mais de 40 europeus em KF, e mais de 10 pilotos em KF3”.
Além disso, a competição contribuirá também para a diversificação da indústria turística, “uma das principais prioridades para Macau”, salientou o director dos Serviços de Turismo, João Costa Antunes. A par da organização de eventos, congressos, exposições, viagens em grupo e individuais, o “turismo desportivo é também elemento um importante” para o território, corroborou o responsável. Até porque a tentativa de “criar uma cultura do desporto motorizado” já tem vindo a dar frutos, nomeadamente através da obtenção de licença para receber provas de categoria A no kartódromo de Coloane e do crescimento de pilotos como André Couto e Rodolfo Ávila.
João Afonso, o primeiro piloto de Macau a participar no Campeonato Mundial CIK-FIA de Kart, acredita que esta “experiência será bastante importante”. “Tentei durante 4 anos, já fui campeão da Ásia, espero agora fazer o meu melhor”. O seu melhor não passa, no entanto, por rodar nos 10 primeiros, confessa o piloto. “Vai ser difícil, se chegar à final já vou fazer história”, sublinhou, recordando que vão participar 42 pilotos nas eliminatórias, mas só 34 conseguem aceder à grande final.
Cerca de 150 mil patacas é o valor do investimento que João Afonso fez para participar na corrida. Três anos consecutivos como melhor piloto de Macau, campeão asiático em 2006 e quarto em 2007, João Afonso vai correr com um kart da PDB, empresa que tem comandado o mundial da especialidade. O director da assembleia-geral da Associação de Automobilismo, Lo Keng Chio, entende que a participação daquele piloto pode “encorajar e inspirar outros corredores em Macau e em toda a Ásia”.
Quem já não é novato nestas andanças é Marco Ardigò, 26 anos, vencedor do Mundial CIK-FIA de Kart, à procura agora da terceira vitória consecutiva. O piloto italiano também venceu o Grande Prémio Internacional de Macau, no ano passado. Já o checo Libor Toman, apenas com 18 anos, foi o segundo classificado da última edição e quarto no Grande Prémio do território. O britânico Garry Catt, terceiro no Mundial CIK-FIA de Kart, o italiano Davide Forè, vencedor de cinco edições daquela competição, e Manuel Renaudie, segundo no último Grande Prémio de Kart do ano passado, são as principais figuras de vulto a correr nos 1.200 metros da pista de Coloane.
Em 46 edições esta é a primeira a ser organizada numa região asiática. A competição já correu diversos continentes, desde a Europa à América.

 


 [Alto] [Anterior] [Voltar] [Próximo]




HOME  .  E-MAIL  .  FICHA TÉCNICA  .  EDIÇÕES ANTERIORES  .  PUBLICIDADE  .  PRIMEIRA

Copyright (c) Jornal Tribuna de Macau, All rights reserved
Design and maintainence by Directel Macau Ltd