000primeira
020opiniao
030local
050desporto
081jete
090cambios
091tempo
092ultima


 



 
  N°3273 (Nova Série), Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2009
HÁ 20 ANOS

In “Jornal de Macau” e “Tribuna de Macau” 21.09.1989

TÚNEL DA GUIA FICOU PRONTO CEDO DEMAIS?

Carlos Melancia assistiu à conclusão da perfuração do túnel da Guia, que agora entra na fase final dos trabalhos. Na altura o secretário-adjunto para as Obras Públicas, Rocha Cabral informou que o túnel só estará completamente operacional em Fevereiro, embora possa ser utilizado antes disso “utilizando os arruamentos que já existem”. Verifica-se assim que os acessos ao túnel estão atrasados em relação a este, o que se não compreende muito bem. Segundo Rocha Cabral a construção dos acessos implica a demolição do jardim infantil oficial, que será reconstruído na mesma zona, aproveitando-se para edificar uma nova escola primária. Como as férias começaram em Junho, entende-se mal porque não se avançou durante o Verão com a demolição e com o princípio da reconstrução, além dos acessos ao túnel, permitindo que este ficasse imediatamente operacional assim que concluído. Afinal desde o início dos trabalhos de perfuração do túnel que se apontou como objectivo desejável que ele viesse a estar operacional já quando da realização do Grande Prémio o que implicaria, obviamente, a construção dos acessos. Mas ao que se vê, não implicou...

 

INAUGURADA ACADEMIA DE ARTES VISUAIS

A Academia de Artes Visuais de Macau “vem criar uma sede para a reunião de esforços isolados na área da formação artística no Território”, disse o Governado Carlos Melancia na inauguração da Academia. Sem plano curricular e sem atribuir diplomas ou graus académicos, a Academia de Artes Visuais de Macau irá ministrar cursos de curta duração, de três meses a um ano, sobre pintura, desenho, gravura, serigrafia, tapeçaria, fotografia e vídeo promovendo ainda ciclos de palestras sobre história da arte. O director da Academia, Nuno Barreto, por seu turno, disse que “ara lá dos aspectos mais práticos da aprendizagem das tecnologias das artes visuais, pretende a Academia ser um lugar de encontro e reflexão sobre as raízes da criação artística nesta parte do mundo”. Referindo à intenção do Governo de criar uma escola superior de artes visuais, Nuno Barreto notou que “uma escola profissional de arte não esgota as necessidades que uma comunidade possa sentir no domínio da formação artística”. Como primeira iniciativa, a Academia vai realizar um “workshop” de gravura em metal orientado por Bartolomeu Cid dos Santos, director do departamento de gravura da “Slade School” da Universidade de Londres. A sala de gravura da Academina vai ter, por proposta de Carlos Melancia na cerimónia de inauguração, o nome de Cid dos Santos, que é considerado um dos expoentes da gravura contemporânea. Com cursos ministrados em português e chinês, a Academia de Artes Visuais de Macau, que deverá vir a ser integrada no futuro centro cultural do Território, terá como professores o pintor Mio Pang Fei, antigo professor da escola de artes aplicadas de Xangai, actualmente radicado no Território, e António Andrade, docente em Macau. A Academia, que funcionará na dependência do Instituto Cultural de Macau, recentemente reestruturado, vai iniciar no dia 10 de Outubro o seu primeiro curso, de iniciação à pintura, cujas inscrições abrem na terça-feira.

 


 [Alto] [Anterior] [Voltar]




HOME  .  E-MAIL  .  FICHA TÉCNICA  .  EDIÇÕES ANTERIORES  .  PUBLICIDADE  .  PRIMEIRA

Copyright (c) Jornal Tribuna de Macau, All rights reserved
Design and maintainence by Directel Macau Ltd