000primeira
010especial
020opiniao
030local
050desporto
081jete
090cambios
091tempo
092ultima


 



 
  N°2973 (Nova Série), S­bado, 1 de Novembro de 2008
CIDADÃOS DA RAEM UTILIZAM CADA VEZ MAIS AS REDES SEM FIOS
“Wireless” está mais segura

A utilização de redes sem fios, em Macau, é cada vez maior, verificando-se também o crescimento das redes “encriptadas”, assinala um estudo, que analisou todos os pontos “wireless” do território

RAQUEL CARVALHO

O número de pontos “wireless”, na RAEM, quase que duplicou desde o ano passado. O território registava, em 2007, 2923 sinais de redes de fios, enquanto que, em 2008, existem cerca de 4632. O relatório sobre o ambiente “wireless” em Macau, realizado pela “Macao Chapter” e pela “Macau New Technologies Incubator Centre”, em colaboração com outras associações de informação e tecnologia da RAEM, revelou ainda que comparativamente com o ano passado, os pontos de “wireless” com protecção aumentaram em 11,65 por cento. Actualmente, 77 por cento das redes são protegidas, enquanto que apenas 23 por cento não apresentam qualquer tipo de restrição no acesso.
O estudo teve em conta todos os pontos “wireless”, que possibilitam o acesso à Internet, a partir de qualquer computador portátil, e tentou perceber quais são as vulnerabilidades da rede sem fios em Macau. Realizado pela segunda vez consecutiva, o relatório conclui que os riscos de acesso à internet sem fios são cada vez menores.
“A segurança está a aumentar e a privacidade das pessoas na navegação na Internet é maior”, explicou o presidente da Macao Chapter, Geoffroy Thonon.
Uma vez que as comunicações via “wireless” transcendem as fronteiras tradicionais e impõem uma série de novos desafios técnicos, o responsável pelo estudo considera que “todos os utilizadores ganham com a protecção da rede”, uma vez que a navegação se torna mais eficaz e segura.
Geoffroy Thonon avançou ainda que o objectivo do estudo do próximo ano será perceber que tipo de “encriptação” está a ser usada na protecção dos pontos “wireless” da RAEM.
O relatório de 2008 vai estar disponível no site do “Macau New Technologies Incubator Centre”.


 [Alto] [Anterior] [Voltar] [Próximo]




HOME  .  E-MAIL  .  FICHA TÉCNICA  .  EDIÇÕES ANTERIORES  .  PUBLICIDADE  .  PRIMEIRA

Copyright (c) Jornal Tribuna de Macau, All rights reserved
Design and maintainence by Directel Macau Ltd