000primeira
010especial
020opiniao
030local
050desporto
081jete
090cambios
091tempo
092ultima


 



 
  N°2973 (Nova Série), S­bado, 1 de Novembro de 2008
Actores que rejeitaram papéis de peso no cinema

O cinema norte-americano está cheio de clássicos que rapidamente conquistaram o público e promoveram astros, em início ou fim de carreira, devido aos seus marcantes papeis. A verdade é que nem todos os actores que vimos em filmes como “Matrix” e “Pulp Fiction” eram para terem estrelado essas produções. O site da rede CNN listou alguns dos mais conhecidos actores que recusaram papéis em filmes que se tornaram obras inesquecíveis do cinema. Veja alguns:

007 CONTRA DR. NO (1962)

Sean Connery conquistou o mundo com o papel mais marcante de sua carreira. Em 1962, o espião James Bond era apenas conhecido pela colecção de livros de bolso escritos por Ian Fleming. Muitos em Hollywood acreditaram que a série pudesse render fortunas, excepto o actor Cary Grant, que achou que o papel destruiria a sua carreira já consolidada.
Quando o produtor Albert Broccoli lhe fez a oferta, impôs que o contrato fosse apenas para um filme. Com a recusa, Sean Connery acabou por ser convidado para interpretar James Bond, o que não agradou a todos os executivos da MGM. Achavam que era pouco “british” para fazer o papel de agente do MI5. Mal sabiam que Connery iria se tornar o Bond mais marcante de todos os 22 filmes do agente já lançados.


 [Alto] [Voltar] [Próximo]




HOME  .  E-MAIL  .  FICHA TÉCNICA  .  EDIÇÕES ANTERIORES  .  PUBLICIDADE  .  PRIMEIRA

Copyright (c) Jornal Tribuna de Macau, All rights reserved
Design and maintainence by Directel Macau Ltd