000primeira
020opiniao
030local
050desporto
081jete
090cambios
091tempo
092ultima


 



 
  N°2926 (Nova Série), Segunda-Feira, 15 de Setembro de 2008
LIGAÇÃO A CASOS DE LEITE CONTAMINADO NÃO ESTÁ CONFIRMADA
Detectado bebé em Macau com problemas renais

As autoridades de Saúde de Macau estão a investigar a possível ligação entre o leite contaminado detectado no Continente e o caso de um bebé do território que acusou problemas renais

Um bebé de nove meses, que foi assistido nos hospitais Kiang Wu e Conde de São Januário, apresentou problemas renais, mas as autoridades sanitárias ainda não conseguiram estabelecer uma ligação directa entre este caso e a situação vivida na China Continental, onde foram detectados problemas no sistema urinário de cerca de 430 bebés, que beberam leite contaminado por um produto químico.
As autoridades locais estavam ontem a tentar contactar com os pais do bebé, que terão entretanto procurado assistência numa unidade hospitalar de Hong Kong, segundo apurou o jornal “Ou Mun”. De acordo com familiares, o bebé não terá bebido leite oriundo do Continente, mas sim de Taiwan.
Na base do escândalo, que já causou a morte de um bebé no Continente, está o leite em pó Sanlu que, segundo as autoridades chinesas, também terá sido exportado para Taiwan, mas em pequenas quantidades.
Pequim já ordenou um inquérito ao caso de introdução de melamina, um produto químico utilizado no fabrico de plástico e de colas e podendo artificialmente aumentar a taxa de proteínas.
Até sexta-feira, os departamentos sanitários do Continente tinham detectado 432 casos de presença de cálculos renais no sistema urinário de bebés, segundo revelou o ministro da Saúde da China, Gao Qiang.
De acordo com o governante, as autoridades ordenaram ao grupo Sanlu, fabricante do leite em pó contaminado, que parasse a produção. O caso levou já à detenção de 19 pessoas, mas cerca de 80 outras também estarão a ser questionadas pelas autoridades.


 [Alto] [Anterior] [Voltar] [Próximo]




HOME  .  E-MAIL  .  FICHA TÉCNICA  .  EDIÇÕES ANTERIORES  .  PUBLICIDADE  .  PRIMEIRA

Copyright (c) Jornal Tribuna de Macau, All rights reserved
Design and maintainence by Directel Macau Ltd