000primeira
010especial
020opiniao
030local
070actual
081jete
090cambios
091tempo
092ultima


 



 
  N°2836 (Nova Série), Ter¬a-Feira, 17 de Junho de 2008
ACTIVIDADES VÃO DECORRER DE 3 A 24 DE JULHO

EPM abre inscrições para campo de férias

Desde ontem que estão abertas as inscrições para o campo de férias da EPM. Ocupar o tempo livre das crianças de forma pedagógica e, simultaneamente, lúdica é a grande meta

“Se tens entre os seis e 12 anos ou entre 13 e 18 anos vem de férias connosco” – é com este “slogan” que a Escola Portuguesa de Macau (EPM) espera conquistar as crianças para o campo de férias, que vai decorrer entre os dias 3 e 24 do próximo mês.
Do programa “Férias na Escola” deste ano constam seis actividades, que têm como objectivo ocupar os tempos livres das crianças, durante as férias lectivas de uma forma não só lúdica, mas também pedagógica. São elas: língua e cultura chinesa, escrita criativa, pintura em acção, oficina de teatro, fantasias em feltro e escolinha de futebol.
Potenciar ao máximo as capacidades de escrita das crianças, dando-lhes, para isso, meios para se autoconhecerem como autores, ultrapassarem a angústia
da página em branco e criarem as suas próprias fontes
de inspiração é apenas um das metas que se pretende alcançar na oficina de escrita criativa, muito voltada para a execução de constantes exercícios.
A oficina de teatro também regressa ao “cardápio” da EPM. O destaque vai, claro, para a capacidade de improvisação. Este trabalho será feito sempre em língua portuguesa, contando histórias, cantando ou dançando a fim de se desenvolver e explorar a criatividade corporal e linguística do aluno (desde a língua propriamente dita ao discurso). A oficina do teatro é a mais abrangente em termos de faixas etárias, estando dividida em três grupos.
A informática também foi seleccionada. Identificar as partes de um computador, explorar o “Microsoft Word” ou criar uma conta de “e-mail” devem ser apenas três coisas que os jovens devem saber fazer depois de frequentarem o curso.
IMAGINAÇÃO. A edição deste ano oferece ainda um “workshop” em que as crianças descobrem o feltro (e outros materiais como tecidos e lãs) e, transpondo para o desenho a imaginação, criam acessórios e bonecos. Recreando os “ateliers” de costura do nosso imaginário, os mais velhos utilizarão agulhas de bico redondo, para, ponto a ponto, juntarem as peças. O objectivo é dar a conhecer materiais e técnicas cuja utilização tem vindo a ser reinventada através dos tempos e que hoje, também, são utilizadas na criação artística. Incentivar a concepção e produção de objectos com carácter único e pessoal é mais um dos propósitos.
Tintas, pincéis, esponjas, mãos e pés… são estes os ingredientes para pôr em prática “a pintura em acção” – um “workshop” em que as crianças pintam sobre papel cenário de grandes dimensões ao som da música. O objectivo principal é tornar os participantes sujeitos activos na produção artística como estratégia para a descoberta e compreensão de algumas correntes da arte contemporânea.
CULTURA CHINESA E DESPORTO. Para quem gosta de estudar, pode descansar que não vão deixar de haver aulas. Pelo menos em língua e cultura chinesa. Dos sons à prática da caligrafia espera-se promover o interesse das crianças pelas artes chinesas.
Para os adeptos de desporto, em particular de futebol, a EPM também reservou uma actividade. Na “escolinha de futebol”, as crianças vão poder aprender a dar os primeiros toques na bola e, sobretudo, adquirir noções como trabalhar em equipa. A escolinha de futebol também se divide em dois escalões etários. Um destinado às crianças que têm entre seis e oito anos e outro dos nove aos 11.
Os jovens que não integrem aquele estabelecimento de ensino também se podem inscrever, mas ficam condicionados ao número de vagas.


 [Alto] [Anterior] [Voltar] [Próximo]




HOME  .  E-MAIL  .  FICHA TÉCNICA  .  EDIÇÕES ANTERIORES  .  PUBLICIDADE  .  PRIMEIRA

Copyright (c) Jornal Tribuna de Macau, All rights reserved
Design and maintainence by Directel Macau Ltd