000primeira
020opiniao
030local
050desporto
081jete
090cambios
091tempo
092ultima


 



 
  N°2587 (Nova Série), Ter¬a-Feira, 25 de Setembro de 2007
Liga portuguesa de futebol
Setúbal “gelou” Alvalade

O empate do Sporting frente a um V. Setúbal muito personalizado (2-2) fez sorrir ainda mais o líder F.C. Porto

Paulo Bento quis gerir a carga física a que a equipa tem estado sujeita, poupando dois dos titulares, Tonel e Romagnoli. É ingrato concluir que foi essa a razão para o Sporting conceder 45 minutos de avanço a um adversário ainda invicto e muito moralizado, mas o certo é que a aposta não resultou. E tanto assim foi que, ao intervalo, o técnico dos leões teve de fazer marcha-atrás, substituindo as duas novidades, Gladstone e Farnerud, e recorrendo ao plano alternativo (três defesas de raiz, com Miguel Veloso na compensação). Por essa altura, já os leões perdiam: aos 41 minutos, Elias entrou solto nas costas de Gladstone e rematou cruzado. Pouco antes, Paulo Baptista fizera vista grossa a um derrube do central brasileiro a Mateus em plena área, num lance que confirmara a disponibilidade dos visitantes para jogar em Alvalade olhos nos olhos com o seu adversário.

O Sporting veio das cabinas diferente para melhor: com Izmailov e Romagnoli em campo, a pressão acentuava-se. Ronny, Moutinho e Romagnoli assustaram Eduardo, antes de Abel (64 m) ser derrubado por Jorginho na área. Desta vez, a equipa de arbitragem viu e Moutinho converteu o penálti. Mas a equipa de Carvalhal voltou a gelar Alvalade a 11 minutos do fim, com Mateus a beneficiar de um ressalto no péssimo relvado para trair Stojkovic. Sob pressão, o leão ainda teve tempo de encontrar a cabeça de Purovic, que já tinha ouvido assobios, mas acabou por evitar males maiores, garantindo um ponto que o V. Setúbal bem mereceu.


 [Alto] [Anterior] [Voltar] [Próximo]




HOME  .  E-MAIL  .  FICHA TÉCNICA  .  EDIÇÕES ANTERIORES  .  PUBLICIDADE  .  PRIMEIRA

Copyright (c) Jornal Tribuna de Macau, All rights reserved
Design and maintainence by Directel Macau Ltd