VIAGEM QUE JUNTOU MACAENSES TERMINOU ONTEM

Um regresso carregado de boas recordações

A excursão que levou um grupo da Associação Promotora da Instrução dos Macaenses a Cantão terminou ontem. Para trás ficaram três dias de viagem pela província de Guangdong, que culminaram com um regresso marcado pelas boas recordações

O regresso a Macau foi acompanhado pelas recordações de três dias a passear por Cantão e pela província de Guangdong. O grupo da Associação Promotora da Instrução dos Macaenses (APIM) chegou ontem ao território e, no último dia de viagem, a animação dominou o passar das horas e ficou o desejo de efectuar novas excursões.

O terceiro dia começou com a visita ao Templo da Família Chen, uma das maiores atracções turísticas da província de Guangdong. Os edifícios que constituem o templo datam do final do século XIX e são o exemplo mais bem preservado da arquitectura e decoração chinesa daquela época. Foram construídos pela família Chen e são agora um museu de artes e artesanato.

No local foi possível observar algumas das artes chinesas como a cerâmica, escultura em madeira, granito e marfim e também os detalhes decorativos de toda a estrutura dos edifícios. O templo impressionou todos os excursionistas pelo detalhe e perfeição das obras expostas.

A viagem prosseguiu até Shiqi, para um almoço e passeio pela cidade. O trajecto de cerca de 30 quilómetros foi preenchido por momentos de descontracção de um grupo que ia cantando para se manter desperto e bem disposto. Apesar do cansaço, ninguém perdeu a oportunidade de conhecer as zonas pedonais de Shiqi e efectuar as últimas compras.

No caminho de regresso a Macau muitos aproveitaram o percurso para descansar. Por volta das 19 horas os excursionistas chegaram ao território, mas com a certeza e vontade de continuar a realizar viagens, mas por outras paragens.