“A língua festejada com o desporto”

Deste a campeã olímpica Rosa Mota, até à presidente do Instituto Português do Oriente ou passando pelo presidente da ACOLOP, todos elogiavam ontem a cerimónia de abertura dos primeiros Jogos da Lusofonia. Em uníssono, deixavam apenas um pedido: que não seja a última

Espectáculo memorável

Os Jogos da Lusofonia abriram com um espectáculo de luzes, fogo de artifício e de vários grupos que, através da dança e música, trouxeram as culturas dos países e territórios participantes

ALMA de COIMBRA ACTUOU NA ABERTURA DOS JOGOS
Fados de Coimbra em noite de emoções

O grupo Alma de Coimbra actuou ontem na abertura dos Jogos da Lusofonia, procurando transmitir ao público uma mensagem de “portugalidade”.Com várias actuações previstas até ao dia 13, os antigos estudantes da Universidade de Coimbra preparam-se para repetir a “dose” em Macau e Hong Kong

VOLEIBOLISTAS LUSOS ENTRARAM A GANHAR EM FEMININOS E MASCULINOS
Portugal “passeia-se” na estreia do voleibol

A ausência do Brasil do voleibol nos Jogos da Lusofonia facilitou a tarefa portuguesa.Ontem, perante Timor-Leste, em femininos, e face à Índia, no sector masculino, os voleibolistas lusos não tiveram grandes dificuldades em afirmar a sua superioridade

O DESPORTO EM RESPOSTA À CRISE TIMORENSE
“Treinar é um sacrifício, mas vale a pena”

Apesar de “faltar tudo”, as atletas de voleibol feminino de Timor-Leste encararam ontem a participação nos Jogos da Lusofonia como uma ilha de normalidade na vida pessoal e familiar no meio da instabilidade política que afecta o país desde Abril

ATLETISMO PORTUGUÊS SEM PRESSÃO para as MEDALHAS
“Convívio é mais importante”

Os atletas portugueses que estão em Macau para as provas de atletismo dos Jogos da Lusofonia “não estão pressionados” pela conquista de medalhas, mas para representarem bem Portugal